MBA abre portas registra doações em meio a mudanças no mercado imobiliário

Com toda a conversa sobre o mercado imobiliário aquecido e as mudanças iminentes graças ao aumento das taxas de hipoteca, pode ser difícil esquecer que essas mudanças em todo o mercado estão tendo um impacto real nas pessoas reais, especialmente aquelas que lidam com perdas ou problemas de saúde em suas vidas. . famílias. Associação dos Banqueiros Hipotecários Caridade, Fundação Portas Abertas, reconhece as pessoas que compõem o nosso mercado imobiliário e as lutas pelas quais passam. Deborah Dubois, presidente da Open Doors, conversou com a HousingWire para discutir o crescente impacto que o programa Open Doors está tendo na vida das famílias que correm o risco de perder suas casas enquanto cuidam de seus entes queridos. Aqui, DuBois compartilha seus planos para o futuro próximo da fundação, como o apelo anual, e comemora os ganhos significativos dos últimos anos.

HousingWire: Nos quase dez anos desde a fundação da Open Doors, quais foram os maiores ganhos para a organização?

Débora Dubois: Uau… por onde você começa! Gostaria de dizer que conquistamos grandes vitórias em muitas áreas da instituição. Passamos de 37 concessões de hipotecas residenciais para famílias em 2012 para mais de 3.000 concessões de hipotecas e aluguéis em 2022. Fornecemos mais de 12.000 assistências de aluguel e concessões de hipotecas para quase 10.000 famílias de todos os estados do país. Em dezembro de 2021, concedemos mais bolsas às famílias naquele único mês do que em todo o ano de 2016. E quase triplicamos nossa captação de recursos nos últimos cinco anos – uma prova dos membros do MBA que abraçaram e fortaleceram nossa missão. Empreendimento.

HousingWire: Como os profissionais do setor imobiliário podem participar do Open Doors?

Débora Dubois: Há muitas maneiras pelas quais os profissionais do setor imobiliário podem se envolver. A melhor forma é comprometer-se a apoiar a fundação com uma doação anual, que por si só pode ser feita de várias formas. Várias empresas e indivíduos doam durante nosso apelo anual no início de setembro ou no final do ano civil. Algumas empresas querem se envolver mais ativamente, por isso engajam toda a sua equipe por meio de campanhas corporativas que energizam e mobilizam os funcionários em torno da nossa causa. Um ótimo exemplo é a campanha anual Lennar Mortgage Derby, que no ano passado arrecadou mais de US$ 93.000 em um período de 30 dias de centenas de Lenar hipoteca funcionário em todo o país.

No entanto, outras empresas escolhem a Open Doors como sua instituição de caridade preferida para captação de recursos em suas reuniões ou conferências anuais. Além disso, temos empresas que realizam eventos especificamente com o objetivo de arrecadar fundos para o Portas Abertas. Mas a melhor maneira de participar do Open Doors é simplesmente entrar em contato comigo pelo [email protected]

HousingWire: A lista de empresas que doam seu tempo e dinheiro para a Portas Abertas é extensa e inclui nomes conhecidos do setor imobiliário, como Radian. Com quais organizações do setor imobiliário a Portas Abertas gostaria de fazer parceria?

Débora Dubois: Honestamente, gostaríamos de compartilhar com todos! Nossa missão é baseada no que os profissionais de habitação fazem todos os dias. Dito isto, há uma série de grandes empresas no setor – tanto comerciais quanto residenciais – acho que seriam parceiros ideais, não apenas porque têm dinheiro para doar, mas porque a Portas Abertas apresenta aos líderes das empresas uma oportunidade de mostrar à sociedade como um todo que eles se preocupam com as pessoas e com o lucro duplo, e isso dando não apenas uma linha de orçamento, mas parte da espinha dorsal geral da empresa.

Certamente temos a sorte de contar com vários grandes nomes – Radian, Wells Fargo, Rocket Mortgage, Mr. Cooper, Penny Mac, CBRE, Grandbridge, CMG Financial E muito mais – como apoiadores notáveis, mas somos igualmente gratos pelo apoio de empresas como SWBC Mortgage, Essent Guaranty, Ocwen Financial, Amerifirst Home Mortgage, Lennar Mortgage e muitos outros.

Cada dólar que recebemos faz a diferença para uma família que tem uma criança gravemente doente ou ferida que precisa de uma ajudinha para ficar em casa.

HousingWire: Em 2021, a Portas Abertas arrecadou mais de US$ 4 milhões para que as famílias fiquem em casa enquanto seus filhos recebem cuidados médicos que salvam vidas. Quais são as metas de 2022?

Débora Dubois: Recebemos uma doação de US$ 1 milhão de uma pessoa maravilhosa no final de 2020. Essa doação nos permitiu criar o Pandemic Relief Fund, que dobrou nosso apoio às famílias afetadas pela pandemia. Em 2022, estabelecemos uma meta ambiciosa de US$ 3,2 milhões, mas, em julho, superamos essa meta em quase US$ 1 milhão. Seremos igualmente ambiciosos em 2023!

HousingWire: Existem eventos futuros em que a Open Doors participará ou hospedará? Sobre quais detalhes você pode nos dar?

Débora Dubois: Nosso maior ‘evento’ do ano é a próxima Chamada Anual para 2022. Não é um ‘evento’ típico, mas sim uma campanha de e-mail de um dia que reúne líderes de membros do MBA, incluindo membros do conselho do MBA, RESBOG e COMBOG, o gigantes da indústria em Wells Fargo, Bank of America, Rocket Morting E muitos mais. Começaremos na terça-feira, 6 de setembro, e daremos as boas-vindas a todos os membros do setor de financiamento imobiliário para participar! Além de nosso apelo anual, estamos ansiosos por um dos eventos mais importantes do ano – a Recepção anual de Nashville na segunda-feira, 24 de outubro – que está aberta a todos os doadores e amigos do Portas Abertas.

Também estamos entusiasmados com isso, em setembro, o escritório de advocacia Morris, Manning e Martin Ela estará hospedando um evento de arrecadação de fundos em nome da Open Doors in District Winery em DC. Gostaríamos de ter membros da indústria neste evento.

HousingWire: Quer acrescentar mais alguma coisa?

Débora Dubois: Acho que a coisa mais importante a enfatizar é que quando os membros da comunidade de financiamento habitacional doam para a Portas Abertas, eles estão fazendo uma diferença real e tangível para famílias com crianças gravemente doentes ou feridas que vivem na linha divisória entre segurança habitacional e despejo/ sem-teto. A melhor maneira de refletir esse efeito está nas palavras reais da família Portas Abertas:

“Muito obrigado por sua generosidade e simpatia. Eu não posso nem começar a explicar o quão confortável foi cobrir um mês de aluguel enquanto meu filho estava lutando por sua vida na UTI do Hospital Infantil. de necessidade. Obrigado.” A família abre as portas

Leave a Comment

Your email address will not be published.